Bloco K: obrigação fiscal que detalha e otimiza o processo produtivo

Wordpress_blocok_axe_tecnologia_sap_business_one
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

Percebemos que alguns dos nossos clientes e parceiros têm dúvidas e, por isso, hoje a equipe ÁXE Tecnologia quer compartilhar com você informações e atualizações sobre o Bloco K, obrigação fiscal que detalha e otimiza o processo produtivo.

Para algumas corporações, especialmente as indústrias e correlatas, a obrigatoriedade de entrega do Bloco K é cumprida desde 2016, mas, para outras, ainda é novidade e ou é tempo de se preparar para iniciar a mudança.

Você sabe o que é Bloco K?

Para que estejamos todos em sintonia, vamos iniciar com a definição do Bloco K.

O Bloco K é uma obrigação fiscal que faz parte do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Foi criado para substituir a emissão do Livro Registro de Controle da Produção e do Estoque, que passa a ser oficialmente registrado de forma digital.

Simplificando a informação, o Bloco K tem como objetivo a prestação de informações mensais acerca da produção, gastos com insumos e registro do estoque escriturado. A partir deste registro, os órgãos fiscalizadores têm o controle efetivo sobre os estoques, monitorando a produção desde a matéria-prima até o produto final.

Combate à sonegação fiscal

Por meio do Bloco K, a Receita Federal e os Fiscos estaduais rastreiam e fiscalizam variações de consumo e diferenças de inventários, o que oportuniza o combate à sonegação fiscal nas operações de produção. Assim, é possível tomar as devidas providências, como a aplicação de multas e demais sanções.

Alterações na legislação

Com a proposta de adequar o projeto, a legislação do Bloco K passou por algumas alterações, mas elas dizem respeito apenas às datas em que a obrigação fiscal entrou ou entrará em vigor para determinadas empresas.

Esse destaque é importante, pois muitas empresas questionam se o Bloco K será prorrogado, mas, essa prorrogação vale apenas para o grupo de empresas que entrariam na obrigação do Bloco K em janeiro de 2021. As empresas que já estavam obrigadas, continuam, sem alteração.

E quem ainda não precisa entregar o Bloco K?

Para a empresa que ainda não tiver obrigatoriedade de entregar o Bloco K a regra antiga se mantém e deve continuar escriturando o Livro de Controle da Produção e do Estoque.

Burocracia ou oportunidade de melhoria?

Você já parou para pensar que tudo na vida tem dois lados, o positivo e o negativo? Muitas empresas e profissionais percebem o Bloco K como mais uma obrigação, mais uma regra, mais uma Lei que vem para torar o processo mais burocrático e engessado. Mas você já parou para pensar o quão positivo é ter o registro minucioso de todo o seu processo produtivo? Quantos benefícios este controle pode oferecer?

O ideal é que a empresa possua um bom controle interno e um ERP eficiente, que coordene as atividades operacionais, mas ela também precisa olhar para o processo produtivo. Analisar com rigor e estratégia o processo produtivo permite enxergar falhas, necessidade de ajustes, desperdícios e oportunidades de melhoria – beneficiando assim tanto os produtos quanto a performance.

Dicas importantes! 

Se você é o responsável pela entrega desta obrigação fiscal, é muito importante manter os seus colegas cientes das datas e regras. Por isso, a equipe da ÁXE Tecnologia selecionou algumas dicas estratégicas:

1. Explique, em detalhes, para todos os envolvidos, quais são as informações que você precisa. Sempre que achar necessário, retome esse assunto e verifique se ficou alguma dúvida.

2. É importante a empresa contar com um Sistema de Gestão (ERP) que otimize o processo e gere as informações necessárias com agilidade e precisão.

3 Atenção para o preenchimento correto de cada espaço, como: “Tipo de Item”, “Lista de Materiais”, entre outros.

4. Dia a dia! Apesar do registro ser mensal, a entrega do Bloco K exige atenção diária e estruturada para que as informações de controle de estoque e emissão de notas fiscais, entre outros, sejam registradas corretamente a, ao fim do mês, o processo se torne simples, ágil e produtivo.

5. Fique atento! No início pode parecer complexo, mas, com o tempo, o Bloco K passará a ser um processo natural e se tornará seu aliado na organização fiscal e gestão inteligente da sua empresa.

Entendemos que, apesar de ser uma obrigação fiscal, o Bloco K é uma ferramenta importante que, além de registrar e detalhar, otimiza o processo produtivo.

Fique atento às atualizações do Bloco K. De modo geral, a imprensa sempre as divulga, mas, se preferir acessar um canal oficial, sugerimos como referência o site do SPED.

Espero que este conteúdo tenha sido útil e auxilie a sua rotina. Se pudermos ajudar com mais informações, a equipe ÁXE está sempre à disposição!

Assessoria de Comunicação Áxe Tecnologia: Fernanda Thiesen Furtado – Jornalista JPSC 1449

Quer saber mais

Envie um e-mail para comercial@axetecnologia.com.br, ficaremos felizes em ajudá-lo. 

SOBRE A ÁXE

Revenda Oficial da Tableau e do SAP Business One, a ÁXE Tecnologia se destaca na implementação de soluções que atuam em processos de negócios com recursos de governança, aumentando a produtividade das empresas clientes. São produtos inovadores, que conciliam tecnologia, pessoas e dados.

Inscreva-se e fique por dentro de nossos conteúdos

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe um comentário